Menu

NOSSO BLOG

6 mitos e verdades sobre o câncer

O câncer é uma doença cercada de dúvidas, estigmas e medos. Muitas vezes, más interpretações, informações equivocadas e ideias erradas sobre ele levam as pessoas a crer em coisas que não existem ou até mesmo deixarem de ir ao médico por receio de descobrirem que há “algo errado”.

Isso, por sua vez, leva a diagnósticos tardios e impossibilidade de cura, a qual seria possível se houvesse detecção precoce. Pensando neste cenário, conversamos com a oncologista clínica, Dra. Rayana Pecharki Postai, para esclarecermos seis mitos e verdade sobre o câncer. Confira!

1. O câncer é apenas hereditário

Mito. Ainda hoje é muito comum encontrar quem pense que o câncer é uma doença apenas hereditária e, por não ter casos na família, não é necessário se preocupar. Porém, os casos de neoplasias associadas a síndromes hereditárias correspondem a apenas 5% a 10% de todos os diagnósticos. Ou seja, o restante é relacionado a fatores externos.

2. O câncer é contagioso

Mito. O câncer não se trata de uma doença contagiosa, mesmo os causados por vírus. No entanto, vale frisar que alguns vírus, como o papilomavírus humano (HPV), considerado sexualmente transmissível, são fatores de risco para a doença.

3. O câncer tem cura

Verdade. Até mesmo nos dias de hoje, muitos associam a doença como uma sentença de morte. Porém, com a evolução da Medicina, os mais diversos tipos de tumores podem ser curados, dependendo do diagnóstico precoce, ou seja, quando o câncer ainda está localizado e não se disseminou para outros órgãos.

4. Todo tumor é câncer

Mito. Apesar de alguns tumores serem malignos, muitos outros são benignos. Entre eles podemos citar os adenomas, miomas, lipomas e hemangiomas. Ao contrário dos malignos, que são irregulares, têm a capacidade de invadir outras regiões do corpo e crescem de forma descontrolada, esses crescem de forma lenta, organizada e com limites bem definidos.

5. Bons hábitos de vida previnem o câncer

Verdade. Existem diversos fatores de risco ligados a hábitos, como alimentação inadequada, sedentarismo, obesidade, consumo excessivo de álcool e tabagismo. Por isso, ao fazer mudanças de vida, automaticamente se reduz o risco de vários tipos de neoplasias.

6. O tabaco causa apenas câncer de pulmão

Mito. O tabagismo, em todas as suas formas, é o principal fator de risco para o câncer de pulmão, mas também para vários outros, como boca, garganta, faringe, laringe, estômago, fígado, pâncreas, rim e bexiga. Dados apontam que este hábito é responsável por cerca de 30% das mortes por câncer.

Mesmo para o fumante passivo, o risco é de pelo menos três vezes maior que o de uma pessoa não exposta à fumaça do cigarro. Vale ressaltar que, ao eliminar este hábito, os riscos de neoplasias vão reduzindo gradativamente.

Como você pôde comprovar, existem diversos mitos e verdades acerca do câncer que é necessário saber. Que tal informar outras pessoas a respeito? Compartilhe em suas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *