Menu

Search
Close this search box.

NOSSO BLOG

4 alimentos que devem ser evitados na quimioterapia

O tratamento do câncer requer alguns cuidados importantes por parte dos pacientes, principalmente os que fazem o protocolo quimioterápico. Isso porque as medicações costumam causar diversos efeitos colaterais, que devem ser combatidos ou minimizados para se ter mais qualidade de vida e/ou evitar certos riscos. Nesse contexto, uma das dúvidas mais comuns é a respeito dos alimentos.

Para auxiliar os pacientes oncológicos, conversamos com a nutricionista, Renata Chavoni Zago, que listou quatro itens a serem excluídos da dieta durante o período das quimoterapias. Confira o post e saiba quais são eles!

  1. Alimentos ultraprocessados

Esses alimentos contêm aditivos químicos que atuam como antinutrientes no organismo. Ou seja, dificultam a absorção dos nutrientes e acentuam certos efeitos colaterais, principalmente os gastrointestinais, como azia, náuseas, vômitos, diarreia e constipação.

Para quem não sabe ao certo o que são os ultraprocessados, basicamente se tratam de formulações industriais feitas de partes de alimentos. Por exemplo, com o açúcar extraído de um alimento, amido extraído de outro e proteína isolada de um terceiro.

Praticamente não há nenhum alimento inteiro na composição, ou seja, nada integral. Além disso, são adicionadas várias substâncias industrializadas e aditivos que modificam ou potencializam as características sensoriais. É possível citar os salgadinhos, lasanhas congeladas, bolachas recheadas, sucos artificiais, nuggets e todos os pratos prontos que imitam uma refeição.

  1. Bebidas alcoólicas

O consumo de bebida alcoólica durante o tratamento pode ter interação com a medicação utilizada e desfavorecer o efeito da mesma. Essas bebidas também sofrem metabolização no fígado, que durante a quimioterapia está metabolizando as drogas. Isso significa que ingeri-las sobrecarrega o trabalho deste órgão.

  1. Alimentos açucarados

O açúcar de adição (adicionado como ingrediente para aumentar a palatabilidade), um alimento que não é indicado na quimioterapia, nunca foi e nunca será nutritivo. Em nenhum momento da vida ele será importante.

Especialmente no momento do tratamento oncológico, as fontes energéticas provenientes dos carboidratos devem ser ingeridas por meio de carboidratos nutritivos. Entre eles estão frutas, tubérculos (batatas, mandioca, aveia) e leguminosas, como a classe dos feijões.

  1. Alimentos crus ou sem estarem totalmente cozidos

Durante a quimioterapia, o paciente pode apresentar queda da imunidade. Normalmente, os alimentos crus ou sem estarem totalmente cozidos contêm um grande número de bactérias, pois não atingiram a temperatura adequada para que elas pudessem ser eliminadas.

Isso proporciona um alto risco de infecção alimentar, o que neste caso pode ocasionar graves consequências para a saúde do paciente oncológico. Por isso, durante o tratamento, é necessário deixar de lado itens como sashimi, carpaccio, carne de onça, churrasco mal passado, entre outros.

Esperamos que este conteúdo sobre os alimentos não indicados na quimioterapia tenha sido esclarecedor para você. Compartilhe em suas redes sociais para auxiliar outras pessoas!

One Response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *