Recentemente, Dra Debora Gagliato, oncologista do Centro de Oncologia do Paraná, unidade Oncoville,  juntamente com um grupo de pesquisadores brasileiros, publicaram artigo cientifico que avaliou o panorama das cirurgias realizadas no Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento de Câncer de Mama. O artigo foi publicado no Journal of Surgical Oncology, mostrando que, no período de 2008 a 2014, houve uma aumento da realização das cirurgias de reconstrução mamaria realizadas no SUS. A taxa de geral de pacientes submetidas a reconstrução passou de 15% em 2008, para 29.2% em 2014.

“Ao receber o diagnostico de câncer de mama, a cirurgia de ressecção tumoral e imprescindível para que seja obtida a cura. Medo de mutilação e perda da mama, órgão muito importante para a identidade feminina, são preocupações de milhares de mulheres que enfrentam o problema. Ficamos muito felizes em poder reportar que, apesar de estarmos longe de um cenário ideal, com oferecimento de reconstrução mamaria para todas as pacientes, estamos caminhando para um aumento no numero de reconstruções oferecidas para nossas pacientes”, comenta Dra Debora Gagliato, Oncologista Clinica com especialização em Câncer de Mama.

 

Saiba mais sobre a Dra Débora no link abaixo:

Dra. Debora de Melo Gagliato